Namoro no Brasil

FERNANDO GOMES

Diferenças

Maraci, bom dia! Eu ainda era um adolescente quando conheci uma garota que namorei por quase cinco anos. Foi a época mais feliz da minha vida. Nos separamos porque o pai dela, que era diplomata, foi transferido para o exterior no início da década de Jamais a esqueci e fiquei sabendo que ela foi praticamente obrigada a se casar com outro diplomata e morar na Europa. Sofri muito, mas também me casei e tive trigêmeas. Nunca esqueci a garota dos meus sonhos.

Raparigas em 572770

Professor de psicologia desenvolveu teste a partir de diferentes pesquisas científicas

A resposta de Helen Fisher demandou uma pesquisa com dezenas de milhares de cadastrados no Match. Por que Ela? E, a partir disso, com que tipo de pessoa você naturalmente combina. Tudo isso faz diferença, mas eu queria estudar o papel da biologia — disse Helen, em entrevista por telefone de Nova York. E esta resposta, seja qual for a teoria que a embasar, parece mais interessante hoje do que jamais foi na história da humanidade. Em outras palavras, encontrar o parceiro sonhado parece ter se tornado o Santo Graal da sociedade contemporânea — ao menos para a parcela solteira e com planos de deixar de sê-lo.

Giro VEJA: 11 de maio

Quando dedicamos tempo para construir um relacionamento, criamos expectativas, planos e sonhos ao lado da pessoa amada. Perder vida isso é um grande choque, susceptível de abalar o emocional e o psicológico de qualquer um. Por que nos decepcionamos com nossos relacionamentos? A pessoa que constrói expectativas demais desde os primeiros encontros, por exemplo, se desaponta mais facilmente. Até certo ponto, todas as pessoas idealizam o parceiro e o futuro ao lado dele ou dela. Todavia, é preciso arredondar as expectativas com a realidade do relacionamento. Ele pode ter objetivos e expectativas totalmente diferentes.

Categorias

Lançado no início do ano nos Estados Unidos, o livro faz sucesso analisando a enrascada romântica da 'nova solteira' - independente, bem-sucedida, estudada, malhada, viajada, elegante, com vida social intensa e intelectualmente inquieta. Nos grandes centros urbanos, esse grupo é cada vez restante numeroso e importante. Do primeiro, com André Wanderley, nasceu Rafaela. Enquanto estou assim deposito minhas energias em outros projetos, minhas filhas e meu trabalho.